Jogador + Mecânicas = Dinâmicas do Jogo

[…] A interação do jogador com estas mecânicas origina outputs e produz consequências emocionais no mesmo, e são essas interações consequentes que constituem as dinâmicas de um jogo. […]

As dinâmicas de jogo estão diretamente relacionadas com as mecânicas do mesmo. Como partilhámos no artigo anterior, as mecânicas de jogo são os agentes, objetos, elementos e as suas relações, que definem o jogo como um sistema sujeito a regras.

 

A interação do jogador com estas mecânicas origina outputs e produz consequências emocionais no mesmo, e são essas interações consequentes que constituem as dinâmicas de um jogo.

 

São os processos e os comportamentos emergentes quando se participa num jogo e o resultado do uso das mecânicas, da interação do jogador com as regras e com os restantes elementos. As dinâmicas descobrem-se durante o jogo, são movimentos, interações, jogadas que podem ser analisadas e que evoluem após várias sessões.


A recompensa, o achievement, as táticas adotadas, a pressão de tempo, a própria relação de um jogador com a narrativa, são exemplos de dinâmicas de jogo que advêm destas interações com as mecânicas.

Analisando novamente o jogo Monopólio: no início do jogo, todos começam de forma igual, mas mais tarde ou mais cedo, um jogador torna-se mais rico que os outros que, sem dinheiro e sem propriedades, acabarão por perder o jogo. Quando um jogador compra uma casa no Monopólio (interação entre o jogador e uma mecânica) origina-se uma dinâmica de jogo, que pode ser positiva ou negativa. Neste exemplo, a consequência para o jogador que comprou a casa é positiva, adquiriu um bem com representação física, porém para os restantes jogadores é negativa: os seus adversários terão de lhe pagar sempre que passarem na sua propriedade.


Em apenas uma interação com uma mecânica de jogo, o Monopólio está, por um lado, a produzir no proprietário da casa um sentido de posse, também conhecido por achievement, e a despoletar uma recompensa, ou reward, quando os outros jogadores pagam pelo bem. Por outro lado, acaba por despoletar um sentido de perda nos restantes jogadores pelo dinheiro de jogo que perdem com mesma interação. Tudo isto em acréscimo ao feedback inerente à quantidade de casas e dinheiro que cada jogador possui em cada momento.


Num contexto da vida real e voltando ao exemplo de um comum sistema de força de vendas, conseguimos ver que, na interação dos colaboradores com as mecânicas do sistema, surgem várias dinâmicas como: as vendas, a pressão, a competição, o feedback, o trabalho em equipa, o sentimento de conquista e de reconhecimento…

 

O objetivo da Gamification é então otimizar as dinâmicas geradas ao intervir nos sistemas da vida real, introduzindo as mecânicas necessárias para as estimular. Quer estas sejam aumentar o espírito de equipa, conseguir um feedback imediato e regular, introduzir novas formas de reconhecimento do trabalho dos colaboradores, promover mais competição justa e saudável, entre outras.

 

Por exemplo, ao criar um leaderboard com as posições dos colaboradores, posicionando-os consoante o cumprimento dos seus objetivos de vendas (uma mecânica de jogo que fomenta o feedback e a competição), é manifestada naturalmente uma dinâmica de competição que os estimula a alcançarem mais rapidamente os resultados, a esforçarem-se para serem melhores, melhorando o seu ranking e desejando ultrapassar os seus colegas de forma saudável. A existência de recompensas para os melhores vendedores fomenta a o sentimento de recompensa, de conquista –  dinâmicas de jogo que influenciam a motivação.


O desenho emocional do sistema de força de vendas, ou de qualquer outro que se insira num contexto da vida real é essencial. A utilização das mecânicas de jogo de forma acertada origina as dinâmicas pretendidas, tem impactos positivos nos colaboradores e, consequentemente, no ambiente e no próprio trabalho. Por sua vez, essas respostas emocionais e os resultados do uso das mecânicas e dinâmicas podem ser explicados através da psicologia do jogo, tema do nosso próximo artigo. Por isso stay tuned!

Subscrevam o nosso canal Youtube.

 

Comentários

comentários